Quinta-feira, 22 de Abril de 2010

95 MILHÕES DE EUROS


95 MILHÕES DE EUROS

É este o valor da dívida da câmara municipal da Covilhã denunciado pelo Partido Socialista. Na última reunião pública do executivo foram aprovados, com o voto contra dos vereadores do PS, os documentos referentes ao relatório de actividades e à conta de gerência da autarquia referente a 2009

Para além de sublinhar o valor da dívida "que subiu para o montante mais elevado de sempre" o líder da bancada do PS considera que há outros indicadores preocupantes "nomeadamente uma taxa de execução muito reduzida, que não chegou a um quarto daquilo que foi projectado e ainda uma diminuição da receita na ordem dos 10 milhões de euros".

Para Vítor Pereira "estes números não nos deixam satisfeitos e são o sintoma de uma má governação por parte da actual maioria PSD que está a gerir o concelho com base no curto prazo e nos objectivos eleitorais esquecendo o futuro e todos estes encargos que vão ser legados às gerações vindouras"


publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 22:55

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Março de 2010

SAÍDA DE JOÃO ESGALHADO de VEREADOR a TEMPO INTEIRO da CÂMARA da COVILHÃ

A maioria PSD na câmara municipal da Covilhã é um edifício em avançado estado de desmoronamento. A metáfora utilizada por Vítor Pereira para comentar a saída de João Esgalhado de vereador a tempo inteiro. Para o autarca socialista, a maioria eleita pelos covilhanenses há apenas 5 meses está desvirtuada "as únicas mulheres eleitas renunciaram ao mandato antes de tomarem posse, o segundo elemento da lista suspendeu o mandato por um ano, tudo indiciando que não voltará, e o vereador João Esgalhado, que tem sido um dos principais pilares da maioria e uma espécie de pára raios político designadamente nas questões do urbanismo, bateu com a porta". O vereador do PS na câmara da Covilhã diz que se notava um mau estar nos últimos tempos no seio da maioria e que "a ruptura parecia eminente". 

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 23:17

link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Março de 2010

Vereadores do PS

 

 

Reunião Câmara Municipal

          Vereadores do PS

 

Reunião ordinária privada de Câmara que teve lugar hoje (05/03/2010), onde no Período de Antes da Ordem do Dia, apresentámos uma Proposta de Recomendação no sentido de se alargar e aprofundar com a sociedade civil covilhanense a discussão pública sobre a construção do novo Mercado Municipal.

No que concerne ao Período da Ordem do Dia foram essencialmente tratados assuntos correntes, sem especial relevo político, à excepção do despacho do Presidente da Câmara, que designou o Vereador Luís Barreiros como seu legal substituto para apenas presidir às reuniões nas suas ausências e impedimentos.

- Proposta de recomendação >> 

- Despacho do Presidente da Câmara >> 


 

 

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 01:49

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

Programa e Listas do PS Covilhã - Autárquicas/09

 

 

- Câmara Municipal >>

- Assembleia Municipal >>

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 19:00

link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Outubro de 2009

VÍTOR PEREIRA - O NOSSO CANDIDATO À CÂMARA MUNICIPAL DA COVILHÃ

   

   Vítor Manuel Pinheiro Pereira, tem 46 anos, é casado e pai de dois filhos. Licenciou-se em Direito (Ciências Jurídicas) pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e é Advogado desde 1989. Está a concluir uma Pós-Graduação em Direito Empresarial.

   O gosto pela política nasceu no “Liceu”, actual Escola Secundária Frei Heitor Pinto, onde foi membro do Conselho Directivo. Foi um dos fundadores do jornal “Chama” desse mesmo estabelecimento de ensino, uma publicação que ainda hoje existe. Foi membro da Associação Académica da Universidade de Coimbra e do Conselho Directivo da Faculdade de Direito da mesma instituição.

   Foi membro da Assembleia de Freguesia do Teixoso, membro da Assembleia Municipal da Covilhã, é Vereador na Câmara Municipal da Covilhã, é Deputado na Assembleia da República, onde integra a Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias e a Comissão de Poder Local, Ambiente e Ordenamento do Território. Tendo também integrado durante a X Legislatura a Comissão de Ética e a Comissão Eventual de Acompanhamento e Avaliação da Política Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios. Sendo também coordenador dos deputados do PS eleitos pelo círculo de Castelo Branco.

   Foi Presidente da Comissão Política Concelhia do PS da Covilhã e Presidente da Mesa da Assembleia Geral de Militantes da Secção da Covilhã, é Membro da Comissão Nacional do PS, Membro da Comissão Nacional de Jurisdição do PS e Membro do Secretariado e da Comissão Política da Federação Distrital de Castelo Branco do PS.

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

PROPOSTAS DOS VEREADORES DO PARTIDO SOCIALISTA APRESENTADAS NA SESSÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DA COVILHÃ EM 18.09.2009

Vereadores PS

Câmara Municipal da Covilhã

 

 

Vítor Pereira     Miguel Nascimento

 

 

 

Serra dos Reis

 Vereador em Alternância

 

 

 

 

 

FIXAÇÃO DA DERRAMA

 

Defendendo os Vereadores do Partido Socialista que a CMC deve dar um sinal de abertura às empresas que quiserem fixar-se no concelho, estimulando a criação de emprego.

Considerando que um dos principais estímulos à criação de empresas e ao desenvolvimento dos parques industriais do concelho, devem oferecer condições mais favoráveis à captação de investimento através, nomeadamente, da progressiva diminuição da taxa de incidência da derrama.

Considerando que uma taxa de incidência substancialmente mais baixa aumentará a competitividade e a atractividade do nosso tecido empresarial, ou seja, incentiva as empresas de maior dimensão a aumentar o seu volume de negócios, criando mais riqueza no concelho da Covilhã e oferecendo mais e melhor emprego.

Considerando que só com um tecido empresarial forte, dinâmico e competitivo é possível à Covilhã afirmar-se no contexto regional.

Os Vereadores do Partido Socialista propõem a fixação da taxa da derrama para o ano de 2010, nos seguintes termos:

·        1,10% com o objectivo de atrair, fixar e desenvolver novas empresas na Covilhã (n.º 1 do artigo 14º da Lei 2/2007, de 15 de Julho) e

·        Isentar de derrama as pequenas empresas que não ultrapassem um volume de negócios no valor de 150.000,00€ (n.º 4 do artigo 14º da Lei 2/2007, de 15 de Julho).

 

IMI – IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE IMÓVEIS

 

Sendo nosso entendimento de que os impostos municipais devem constituir receitas e instrumentos para uma política municipal justa, de desenvolvimento económico e social do concelho da Covilhã e não aceitando nós que os impostos municipais pagos pelos covilhanenses sejam apenas meros factores de receita camarária.

Sabendo-se que o parque habitacional do concelho da Covilhã, designadamente nas zonas históricas da cidade, das vilas e aldeias do concelho está em péssimas condições de habitabilidade, quando não abandonado, e que ao lado assistimos ao nascimento de urbanizações que muitas vezes nada acrescentam em qualidade ao nosso parque habitacional.

E sendo urgente a inversão deste estado de coisas, apostando na recuperação do nosso património.

Os Vereadores do Partido Socialista propõem, nos termos do artigo 10º da Lei n.º 2/2007, de 15 de Janeiro e do artigo 112º do Código do Imposto Municipal sobre Imóveis, a fixação das seguintes taxas do imposto municipal sobre imóveis, a aplicar no ano de 2010:

·        Prédios rústicos em 0,8%;

·        Prédios urbanos mais antigos em 0,6% e

·        Prédios urbanos avaliados nos termos do CIMI em 0,35%

 

 

 

FIXAÇÃO DA TAXA DE IRS

 

Nos termos do n.º 1 do artigo 20º da Lei n.º 2/2007 “ os municípios têm direito, em cada ano, a uma participação variável até 5% no IRS dos sujeitos passivos com domicílio fiscal na respectiva circunscrição territorial, relativa aos rendimentos do ano anterior…”.

Em resultado da aplicação desta legislação, a lei produz efeitos sobre o IRS de 2009 e a receber pelo município da Covilhã no ano de 2010.

De acordo com o n.º 2 do mencionado artigo 20º “a participação referida naquele n.º 1 depende da deliberação sobre a percentagem de IRS pretendida pelo município”.

Importa dizer aqui que quanto mais fortes forem as empresas sedeadas na Covilhã, quanto mais qualificado for o emprego na Covilhã, maior será a participação da Covilhã no IRS e, por conseguinte, maior o benefício para todos os covilhanenses.

Devendo a CMC dar um benefício fiscal aos seus munícipes contribuintes e sendo este um incentivo a que todos os residentes na Covilhã regularizem o seu domicílio fiscal no concelho.

Os Vereadores do Partido Socialista propõem que a taxa de 5% de IRS a receber pelo município da Covilhã em 2010 seja dividida da seguinte forma:

·         2,5% para o Orçamento do Município da Covilhã e

·         2,5%como dedução à colecta do IRS, a favor dos munícipes contribuintes.

 

Para os devidos efeitos os Vereadores subscritores requerem que as presentes propostas sejam discutidas e votadas.

 

Covilhã, 21 de Setembro de 2009

 

Os Vereadores do Partido Socialista

 

Vitor Pereira

 

Miguel Nascimento

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2009 - LISTAS NAS FREGUESIAS

A Candidatura do Partido Socialista vem, por este meio, manifestar a sua satisfação e orgulho por ter a honra de apresentar às próximas eleições autárquicas listas do Partido Socialista em 23 Freguesias do Concelho da Covilhã:

O Partido Socialista, em conjunto com os seus militantes, simpatizantes e cidadãos que se identificam com os ideais do PS realizou um verdadeiro trabalho de equipa para se apresentar, em força, nestas eleições autárquicas. Entendemos que nos apresentamos ao cidadão-eleitor com um conjunto alargado de pessoas competentes e interessadas no desenvolvimento do concelho da Covilhã (cerca de 500 candidatos a todos os órgãos autárquicos). Neste sentido, o Partido Socialista tem o máximo respeito por todos os candidatos de todos os partidos e também por todos os cidadãos independentes que exercem o seu direito cívico e a sua cidadania apresentando-se a eleições democráticas e livres. No entanto, não podemos tolerar que o actual Presidente da Câmara faça comentários menos abonatórios ao PS sem receber a respectiva resposta.

Assim, verificamos que a recandidatura do actual presidente de câmara apenas conseguiu apresentar candidaturas do PSD em 20 freguesias. Por isso, torna-se estranho que o actual Presidente da Câmara tenha dito (N.C.27.08.2009) que a sua candidatura “…é a única de todo o concelho. E apontou o dedo aos socialistas por não serem capazes de se apresentar a votos em todas as localidades mas apenas em um terço do concelho”. Torna-se claro que apesar de se encontrar na oposição o PS da Covilhã teve a força necessária para apresentar candidatos em 23 freguesias do concelho, registando mais 3 candidaturas que o PSD que está no poder no executivo municipal. O discurso do actual Presidente da Câmara, em tempo de pré-campanha eleitoral, apenas pretende iludir os covilhanenses no sentido de esconder as siglas do PSD. Não percebemos por que tem vergonha do PSD o actual presidente da Câmara, uma vez que se apresenta aos covilhanenses, através de outdoors, sem a sigla do PSD. Afirma que a sua candidatura está presente em todas as freguesias quando apenas se apresenta em 20. Em menos 3 que o PS. Este é um discurso nervoso de quem tem muito receio da força do PS.

O Partido Socialista está muito tranquilo e determinado. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para merecer a confiança dos covilhanenses que, por sua vez, nos permita alcançar a vitória nas próximas eleições autárquicas.

Covilhã, 01 de Setembro de 2009

VÍTOR PEREIRA 

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

AUTÁRQUICAS 2009 - DIRECÇÃO DE CAMPANHA

A Candidatura do Partido Socialista às próximas eleições autárquicas vem a anunciar, através desta nota de imprensa, a constituição da sua Direcção de Campanha. Neste sentido, a equipa que irá dirigir a calendarização de todas as iniciativas de campanha será constituída pelos seguintes elementos liderados pelo Professor José Armando Serra dos Reis (Director): José Miguel Oliveira, Nuno Filipe Pedro e Paulo Quelhas.

Trata-se de uma Direcção de Campanha forte e coesa que evidencia confiança e determinação, juventude e experiência. O Professor José Armando Serra dos Reis figura bem conhecida dos covilhanenses é um experiente político e autarca. Um homem com obra feita ao nível social e cultural. É conhecido e reconhecido pelo seu trabalho e empenho ao nível do desenvolvimento local e regional.

A constituição desta Direcção de Campanha é mais um passo decisivo para o caminho da vitória desta candidatura do PS às próximas eleições autárquicas que terão lugar no próximo dia 11 de Outubro.

Recordamos ainda que o Dr. João Casteleiro, Director do Centro Hospitalar da Cova da Beira, é o mandatário da Candidatura e o Dr. Nelson Silva, Bancário, o mandatário financeiro.

Covilhã, 31 de Agosto de 2009

A CPC do PS Covilhã

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

O Candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal da Covilhã, Vítor Pereira, dirigiu-se hoje, através de uma carta personalizada, aos munícipes do concelho da Covilhã.

.

Para Vítor Pereira esta candidatura é “mais do que um acto político. Ela é, em primeiro lugar, um acto de cidadania assente num desejo de mudança que, cada vez mais, anima os habitantes do concelho da Covilhã”. Por isso, o actual Vereador e candidato a Presidente da Câmara Municipal da Covilhã diz aos covilhanenses que se candidata porque “esta é a melhor forma de mudar o concelho nos próximos quatro anos, dando-lhe a si e aos outros eleitores a possibilidade de escolher entre projectos e equipas diferentes (…) Considero que é preciso fazer muito mais pelo nosso concelho. Acredito que com o dinheiro da Câmara é possível fazer mais e melhor pelas crianças, pelos jovens, pelos idosos, por todos nós”.

O socialista Vítor Pereira, que assume a candidatura à autarquia pela Covilhã porque, “12 anos passados, ainda existe pobreza no concelho da Covilhã. Um concelho que tem poucas empresas, muito desemprego e onde o abandono escolar é preocupante. Os principais indicadores estatísticos – emprego, educação, desenvolvimento económico, planeamento urbanístico e poder de compra dos covilhanenses – mostram que a actual gestão camarária não é eficaz, porque está cansada, esgotada no tempo e sem ideias”. O Candidato do PS acredita “que é tempo de mudar de políticas municipais, apostando numa nova relação de proximidade entre eleitos e eleitores, que devolva às mulheres e homens do concelho a capacidade de participarem activamente nas decisões, que desenvolva as suas zonas industriais.”

Por isso, Vítor Pereira aposta “numa gestão municipal que promova o emprego e a formação, investindo numa educação de qualidade, nos equipamentos sociais e desportivos e no movimento associativo” e assume o compromisso: “Serei um Presidente presente e disponível para todos, sem excepção, e assumo um compromisso para cumprir: mais e melhor qualidade de vida! É para isso que aqui estou! Para mudar o actual estado de coisas e construir, com todos, uma alternativa moderna para o Futuro.”

Para o candidato Vítor Pereira “Chegou um novo Ciclo. É tempo de Mudança”.

Covilhã, 31 de Agosto de 2009

A CPC do PS Covilhã

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009

TRANSPORTES URBANOS DA COVILHÃ

No passado mês de Julho a Câmara Municipal da Covilhã renovou o contrato provisório com a nova concessionária dos transportes colectivos urbanos da Covilhã. Este contrato é provisório pois resulta da enorme trapalhada gerada pela maioria PSD na autarquia no âmbito dos procedimentos administrativos com vista a nova concessão.

Como é do domínio público, os Transportes Colectivos da Covilhã estavam concessionados, até finais de 2008, à  empresa Transcovilhã. Tendo terminado o contrato com essa concessionária, foi aberto concurso, tendo sido fixadas as condições consideradas necessárias para a concessão deste serviço público de transportes. Uma das condições impostas foi a necessidade de utilização de viaturas novas, mais amigas do ambiente e com acessos facilitados a cidadãos com mobilidade condicionada. Entendemos que face às inúmeras queixas que os covilhanenses apresentavam do serviço a revisão das condições de concessão era não só desejável mas mesmo imprescindível. No entanto, e em paralelo com a trapalhada resultante do modo como o concurso foi lançado e acompanhado, o contrato que veio a ser celebrado com a nova concessionária revela-se desastroso para os cofres do município e para o futuro dos covilhanenses. 

O contrato celebrado com a nova empresa concessionária implica o pagamento de uma subvenção, actualizada anualmente, de mais de 38 mil euros mensais. No prazo do contrato a Câmara Municipal da Covilhã pagará mais que o valor de custo das viaturas a serem compradas! Para além do habitual compromisso de passageiros por ano e dos passes sociais financiados pelo município, nos próximos dez anos os covilhanenses vão pagar mais de 4 milhões e meio de euros a esta empresa!

Não sendo já estes valores completamente absurdos e incomportáveis para uma autarquia endividada, de resto inexistentes até agora no contrato vigente com a Transcovilhã, a Câmara da Covilhã celebrou dois contratos provisórios com a nova empresa concessionária, sem consultar os outros concorrentes, em que pagou um valor mensal de 37500 euros no primeiro contrato e de 57500 euros (!!!) mensais no segundo contrato, bem acima do estipulado no contrato definitivo.

Não percebemos que valores subsistem na assinatura destes dois contratos, pois estava acordado com a anterior concessionária Transcovilhã que esta se manteria em funcionamento até à entrada em vigor do contrato definitivo. O resultado prático desta gestão foi que a Câmara da Covilhã ficou sem 190 mil euros, a Empresa e os seus accionistas têm mais 190 mil euros e autocarros novos nem vê-los. A maioria PSD na autarquia ao não acautelar os interesses dos covilhanenses demonstrou, no mínimo, incapacidade para gerir este processo.

O Partido Socialista, em sede própria, através dos seus eleitos, questionou o Executivo camarário sobre esta matéria mas a resposta, como sempre, foi evasiva.

Da análise do contrato definitivo estabelecido entre a Câmara da Covilhã e a empresa, e em virtude da diminuição do preço dos combustíveis, o valor da subvenção deveria ser de cerca de 30500 euros e não os actuais 57500 que a Câmara paga neste contrato provisório.

Vamos aguardar para termos conhecimento sobre qual o valor efectivo da subvenção paga pela Câmara à Empresa agora que tem o aval do Tribunal de Contas. Nessa altura, poderemos avaliar ainda com maior objectividade a forma desastrosa como a maioria PSD conduziu este processo.  

Na nossa perspectiva, com os valores agora contratualizados, seria possível constituir uma empresa pública que fornecesse o mesmo serviço por 10 anos e outros 10 anos ainda com o mesmo nível de investimento (uma vez que as viaturas não serão certamente renovadas todos os anos).

Este contrato estabelecido com a Empresa é um mau contrato para a autarquia, uma vez que se verifica, desde logo, que a Câmara da Covilhã paga directamente, por via da subvenção, mais que o investimento realizado em novas viaturas, e a actualização da subvenção, para além da actualização contratualizada para as tarifas, inflaciona ainda mais as receitas da empresa.

Com um endividamento colossal que coloca a Câmara Municipal da Covilhã no podium dos dez municípios mais endividados do país continuamos a assistir a novas diligências da maioria PSD para consolidar e reforçar esta posição. Estamos contra este endividamento e contra esta forma de gestão de dossiers estruturais para o desenvolvimento e bem-estar dos covilhanenenses.

Por isso, entendemos que está na hora da mudança. Esta na hora de entrarmos num novo ciclo de mudança.

Covilhã, 24 de Agosto de 2009 

A CPC do PS Covilhã

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 21:00

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009

LISTA DE CANDIDATOS DO PARTIDO SOCIALISTA À CÂMARA E ASSEMBLEIA MUNICIPAL DA COVILHÃ:

Candidatos à Câmara Municipal

CANDIDATOS EFECTIVOS                  
1              Vitor Pereira                  
2              Graça Sardinha                  
3              João Correia                  
4              Serra dos Reis                  
5              Francisco Paiva                  
6              Joana Sardinha                  
7              Romeu Afonso                  
8              Ascensão Simões                  
9              Artur Patuleia                  
                              
CANDIDATOS SUPLENTES                  
                              
10              João Martins                  
11              Amélia Rute Santos                  
12              José Soares                  
13              José Pina Simão                  
14              António Rocha                  
15              Sílvia Correia                  
16              Pinheiro da Fonseca                  
17              José Joaquim Antunes                  
18              Rosália Rodrigues              

Candidatos à Assembleia Municipal
CANDIDATOS EFECTIVOS                  
1              Miguel Nascimento                  
2              Carlos Casteleiro                  
3              Glória Louro Ramos                  
4              Nelson Silva                  
5              Pedro Leitão                  
6              Catarina Mendes                  
7              José Miguel Oliveira                  
8              Hélio Jorge Simões Fazendeiro                  
9              Joana Sardinha                  
10              Rui Moreira                  
11              Paulo Miguel Pinto Ferrinho                  
12              Dina Maria Machado Proença                  
13              Artur Filipe Schouten Patuleia                  
14              Lousa Nicolau                  
15              Carla Martinho Marques                  
16              Nuno Filipe Pedro Abreu                  
17              Romeu Afonso                  
18              Rosália Isabel Duarte Rodrigues                  
19              Paulo Jorge Fonseca Oliveira Quelhas                  
20              Paulo Ranito                  
21              Angela Filipa Barata Esteves                  
22              Helder Morais                  
23              Luís Cassapo                  
24              Silvia Pedroso Mendes Gonçalves                  
25              José Trindade Branco                  
26              José Afonso Gomes                  
27              Maria Isabel Brito Pinto                  
                              
CANDIDATOS SUPLENTES                  
                              
1              António Silva                  
2              Pedro Pinto                  
3              Silvia Maria Tourais Mendes Correia                  
4              Francisco Manuel Correia Serra                  
5              Pedro Pais                  
6              Eliana Farias Batista Nogueiras Berto                  
7              José Pereira dos Santos                  
8              Jorge Vaz                  
9              Gracinda Abelho Cunha                  
10              João Casteleiro                  
11              António João de Almeida Calado                  
12              Maruqes Maria Jesus Esteves Alves                  
13              Acácio Alves                  
14              António Vaz de Almeida                  
15              Amanda Silva da Vila                  
16              João Manuel Costa Correia                  
17              Alexandre Manuel Esteves Barata                  
18              Filipa Maria Carrola Pontífice Vila                  
19              João Nunes                  
20              Ilídio Moisés Serra dos Reis                  
21              Carina Sofia Viegas Alves                  
22              João Ramalhinho                  
23              Isabel Martins              

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

www.vitorpereira.com.pt

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Julho de 2009

Fantasia 17 - Grandes obras (anunciadas)

 

"...Carlos Pinto / PSD de há uns anos a esta parte nos vem habituando a... grandiosos títulos de jornal, que passados anos continuam a teimar em não acontecer, em não aparecer, senão vejamos:

De 2006: Via periférica à Cidade; Barragens das Cortes e Atalaia... Zona de jogo e Casino da Covilhã; Unidade hoteleira do Sanatório; Centro de Artes da Covilhã; Renovação do Edificio da Estação da CP, Gare Ferroviária e zona envolvente; Zona Industrial do Teixoso; Nova estrutura aeroportuária – Aeroporto Regional da Covilhã; Via rápida de ligação a Coimbra, com perfil de auto-estrada; Estrada Barco-Ourondo; Remodelação da Estrada entre a Pone Pedrinha, Ferro e Peraboa; Novos anéis urbanos (Barroca do Lobo Sineiro, Rua Mateus Fernandes TCT, Rua da Saudade Rotunda do Rato); Rede de Transportes Públicos do Concelho; Revisão do PDM. De 2002: Centro da Juventude; Estádio Municipal de Futebol; Pavilhão Desportivo Polivalente; Novo Cemitério da Covilhã; Funicular do Largo de São João de Malta; Renovação do Parque Alexandre Aibéo. São mais que muitas as obras que nunca chegam a ser sequer projectos. São mais que muitas as promessas adiadas. E assim se vai fazendo crer que se faz, e assim se vai passando a mensagem de uma cidade e um concelho 5 estrelas... anunciou-se o Centro de Artes, depois gastou-se dinheiro no projecto, entretanto a obra não avançou... anuncia-se a organização da “Covilhã Capital do Teatro” e do Festival Internacional de Cinema, a par com o anúncio da Covilhã Capital da Cultura... anuncia-se a criação do Museu da Covilhã... mas entretanto criou-se no mesmo sitio o “Edificio Arte e Cultura”, antes Casa do Professor... “Grande Museu” na zona do Castelo... Centro de Juventude e um parque de desportos radicais, piscinas aquecidas em Vales do Rio, Teixoso, Tortosendo e Vila do Carvalho... em lugar das piscinas ofereceu-se o terreno a um grande grupo económico para construção de um colégio internacional... Construção de fogos - habitação social destinados à venda a custos controlados para apoiar a fixação de jovens no Concelho e mais 400 para arrendamento e venda a custos controlados, depois a compra das habitações à Somague, que por sua vez foram construídas em cima dos terrenos do Benfica do Tortosendo, que reclamou justamente e que por contrapartida vai ter a sua sede nova construída pela Somague... anunciar a construção do teleférico entre a Central de Camionagem e o centro da cidade, o funicular do Largo de São João de Malta e um circuito especial de transportes entre o Ernesto Cruz e o Bairro de Santo António e uma vez mais modificar todas as prioridades e construir as escadinhas de santo andré, de entrada directa para o call center, que agora é no mercado municipal, remodelado há pouco tempo, mas que agora já não vai ser o mercado, é um silo-auto e um call center e os vendedores colocam-se por cima do shopping sporting porque se vai construir um mercado novo na antiga garagem são cristóvão, o que já não é... depois faz-se uma ponte pedonal entre os penedos altos e a garagem de são joão.... dotar o aerodromo municipal de condições que permitam o serviço de aeronaves de pequena e média dimensão... depois já não há aerodromo nenhum... porque até ficava bem ali uma urbanização como a da quinta do freixo..." Vitor Reis Silva/CDU, Assembleia Municipal
 
in http://gremiodaestrela.blogspot.com/

 

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito
Sábado, 11 de Julho de 2009

Autárquicas 2009 - Vítor Pereira, Candidato do PS à Câmara Municipal da Covilhã

 

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Urbanismo 5 estrelas (23) - Paragens de autocarro

 

O desaparecimento dos abrigos das paragens de autocarro, há três meses e meio, não mereceu (ainda...!) esclarecimento público sério por parte da administração autárquica ou da Covibus. Assim, faça chuva ou faça sol, as zonas de paragem de autocarros proporcionam o lindo espectáculo que vê na imagem - a fotografia foi tirada em frente ao Hospital da Cova da Beira, onde é costume ver idosos, crianças, gente débil, visitas e funcionários do hospital nestes preparos. - Será que esta gente não conta para o executivo de Carlos Pinto, incapaz de tratar a mudança da concessão com a lisura que se impunha? Será que os utentes de transportes públicos não merecem mais do PSD/Covilhã, agora entretido com desmentidos e inaugurações supérfluas? Caberá este modo autista e atabalhoado de lidar com a cidade no universo 5 estrelas que nos tentam impingir? Que pensam os demais partidos do assunto? E a imprensa?

 

 

in: http://gremiodaestrela.blogspot.com/

publicado por Partido Socialista - Secção de Cortes do Meio às 09:00

link do post | comentar | favorito

Este é o Blog Oficial do PS/Cortes do Meio, onde todos os cortenses podem e devem fazer chegar sugestões e propostas que contribuam para o desenvolvimento da nossa freguesia.

Se vives fora do país, é igualmente importante a tua opinião.

Por isso não te esqueças de enviar as tuas ideias, mesmo aquelas que te pareçam de díficil execução, para:

pscortes@iol.pt

ou pscortesdomeio@sapo.pt.

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.posts recentes

. 95 MILHÕES DE EUROS

. SAÍDA DE JOÃO ESGALHADO d...

. Vereadores do PS

. Programa e Listas do PS C...

. VÍTOR PEREIRA - O NOSSO ...

. PROPOSTAS DOS VEREADORES ...

. ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2009...

. AUTÁRQUICAS 2009 - DIRECÇ...

. O Candidato do Partido So...

. TRANSPORTES URBANOS DA CO...

.arquivos

.mais sobre mim

.subscrever feeds

.tags

. autarquicas 2009

. ps/covilha

. assembleia de freguesia

. camara da covilha

. junta de freguesia

. legislativas 2009

. partido socialista

. presidênciais 2011

. a verdade da mentira

. ps

. comunicado

. js covilha

. presidenciais 2011

. promessas

. congresso nacional

. eleições

. ps/cortes/covilha

. divulgação

. ps/cortes/

. comunicação social

. todas as tags